quarta-feira, 4 de setembro de 2019

BOLSONARO DEMITE RAQUEL DODGE DA PGR - PROCURADORA SE SURPREENDE


Resultado de imagem para Raquel Dodge

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou hoje (3) que a atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não será reconduzida no cargo.
Dodge foi indicada para a PGR pelo então presidente Michel Temer (MDB), em 2017. Ela foi a segunda mais votada na lista tríplice da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República).
Bolsonaro adiantou que a PGR (Procuradoria-Geral da República) será comandada por um homem. O presidente disse que até quinta-feira (5) anunciará o nome.
O presidente definiu à Folha o perfil do futuro chefe do Ministério Público Federal (MPF): “Tem que tirar nota 7 em tudo e ser alinhado comigo.”
Bolsonaro ainda previu que o escolhido, seja quem for, vai apanhar muito por ter sido escolhido por ele.
O presidente da República já recebeu oito pretendentes ao cargo de procurador-geral da PGR, inclusive os três da lista tríplice da ANPR. No entanto, Bolsonaro não se comprometeu em seguir a vontade dos procuradores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário