quinta-feira, 22 de agosto de 2019

CORREIOS, TELEBRAS - DATAPREV PORTO DE SANTOS E OUTROS - Governo anuncia plano para privatizar 9 estatais

Por Metro Jornal - O governo anunciou nesta quarta-feira] a inclusão de mais nove estatais, além de presídios e parques nacionais, no PPI (Programa de Parcerias de Investimentos). A nova lista de empresas que podem ser privatizadas traz agora: Telebras, Correios, Porto de Santos, Dataprev, Serpro, Ceitec, Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), ABGF (Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias) e Emgea (Empresa Gestora de Ativos).
Também entraram no programa a concessão de parques nacionais, como Lençóis Maranhenses e Jericoacoara, e a renovação do contrato do parque nacional do Iguaçu, que já é explorado pela iniciativa privada.
Na quarta-feira à noite, o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o governo divulgaria uma lista com 17 estatais. No entanto, as demais empresas, como Eletrobras e Casa da Moeda, já faziam parte do PPI.
Sobre uma eventual privatização da Petrobras, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que há necessidade de estudos. “Não temos ainda uma definição do Ministério (de Minas e Energia), do governo e da empresa, de colocarmos como um todo no PPI”, afirmou a jornalistas.
O processo de privatizações deve ser longo. Em Junho o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que o governo federal não pode vender estatais sem aval do Congresso e sem licitação quando a transação implicar perda de controle acionário.
Segundo Onyx, com o anúncio de ontem, a União espera atrair R$ 2 trilhões, ante R$ 1,3 trilhão estimado anteriormente.
BOLSA SOBE 2% E SUPERA OS 100 MIL PONTOS
A expectativa em relação ao pacote de privatizações com pelo menos 17 empresas deu fôlego ao Ibovespa, que subiu 2%, alcançando 101.201,90, puxada por estatais.
As ações ordinárias da Eletrobras teve ganhos de 12,39%; as preferenciais subiram 11,80%. Banco do Brasil teve valorização de 5,72%. As ordinárias da Petrobras subiram 5,32% e as preferenciais, 5,95%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário