segunda-feira, 1 de julho de 2019

Assassino de Rafael Miguel está recebendo ajuda financeira, afirma delegado


Por Metro Jornal - Paulo Cupertino Matias, de 48 anos - Reprodução - O delegado que investiga o caso do assassinato de Rafael Miguel e dos pais do ator disse que Paulo Cupertino Matias, suposto autor do crime, vem recebendo ajuda financeira. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Cosme Stikovics Filho disse que a polícia também já sabe que ele está pronto para reagir à prisão.
A fuga do assassino já chega a 22 dias. A polícia já fez buscas por Paulo Cupertino em mais de 100 endereços de 6 Estados.No dia 9 de junho, Rafael e seus pais foram à casa da família da namorada, Isabela Tibcherani, para conversar sobre o relacionamento e foram recebidos pela mãe da jovem. Por volta de 13h50, ainda do lado de fora, a família foi surpreendida por Matias, que apareceu armado. Sem falar nada, ele teria atirado contra os três (Rafael, de 22 anos, Miriam Selma Miguel, de 50 anos, e João Alcisio Miguel, de 52 anos) e fugido logo em seguida, segundo a Polícia Civil. As vítimas morreram na hora e os corpos ficaram caídos na calçada.
O laudo necroscópico indicou que 13 tiros foram disparados – sete atingiram somente Rafael. Na fuga, Paulo usou dois carros: um já foi localizado e o outro aparece em imagens da câmera de segurança de um posto de gasolina.
Segundo Isabela, o pai nunca aprovou o namoro. "Meu pai tem um ciúme possessivo, doentio, não só comigo, mas com a minha mãe também. Que é misógino, agressor, ele odeia mulheres. Acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar. Ele nunca aprovou a minha felicidade, não."
Paulo Cupertino Matias tem passagens por roubo, lesão corporal e ameaça, além de histórico de agressão contra a esposa e a própria filha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário