sexta-feira, 12 de abril de 2019

Ajude a tirar o ministro da educação, Ricardo Vélez, de atividade. Crianças e jovens brasileiros dependem disso!

"Estou assinando, pois tenho compromisso com a educação, uma área tão importante não pode ser tratada com tanto despreparo e incompetência" foi um dos comentários escolhidos como justificativa para apoiar esta petição. Você concorda? Clique e assine.

Já se foram três meses à frente do MEC. Após todo este tempo, o Ministro Ricardo Vélez Rodriguez ainda não apresentou nenhum projeto ou medida consistente para enfrentar os urgentes e gravíssimos problemas da educação brasileira. Ao invés disso, assistimos a um vai e vem de nomeações e demissões, barbeiragens e uma alta ideologização na pasta.
Na última quarta-feira (27 de março), em audiência na câmara dos deputados, isso ficou mais evidente. Questionado pela deputada Tabata Amaral e pelo Deputado Felipe Rigoni, ele não foi capaz de apresentar dados, iniciativas concretas ou metas para as prioridades educacionais. Nossas crianças e jovens não podem esperar nem um dia a mais. Por isso, o Movimento Acredito apresente esse abaixo assinado, à sociedade, pela demissão do ministro da educação.
Relembramos 5 acontecimentos que mostram a falta de rumo do MEC:
1 - O ministério publicou versão de edital para compra de livros que permite obras sem referências bibliográficas, tirando agenda de não violência contra grupos historicamente mais prejudicados.
2- Foi criada comissão para supervisionar o ENEM, numa interferência nunca antes feita desde a redemocratização.
3- O ministro enviou carta a escolas pedindo para diretores lerem slogan da campanha presidencial e filmarem alunos.
4- Foi publicada portaria suspendendo avaliação da alfabetização deste ano, jogando-a para 2021.
5- Com a interferência direta do “filósofo” Olavo de Carvalho, o MEC fez uma série de nomeações e exonerações, tirando profissionais técnicos para dar lugar a figuras mais ideológicas.
O ministro voltou atrás em várias dessas medidas. E esse vai e vem mostra o mais grave disso tudo: a paralisia do MEC. Por causa de disputas de poder, livros didáticos estão sendo entregues com atraso às escolas por conta da demora na assinatura dos contratos; iniciativas como o Mais Alfabetização, Escola do Adolescente e a implementação da Base Curricular, que são de extrema relevância para a educação básica, estão completamente inativas.
Não podemos permitir que o futuro dos brasileiros esteja estagnado por conta da incapacidade de um Ministro. Por isso, o Movimento Acredito pede que a sociedade assine o abaixo-assinado pela exoneração do Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, e pela nomeação de um Ministro qualificado, com perfil técnico, com capacidade de diálogo e capaz de enfrentar os reais problemas da nossa educação.
Abaixo-assinado por Giovane Vaz do Movimento Acredito
Porto Alegre, Brasil
Assine agora com um único clique
Visite a página do abaixo-assinado




Nenhum comentário:

Postar um comentário