sábado, 2 de março de 2019

STF nega pedido de liberdade para João de Deus


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou hoje (1º) um pedido de liberdade feito pela defesa do médium João de Deus, preso desde 16 de dezembro acusado de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável. Ontem (28), o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), já havia rejeitado um pedido de prisão domiciliar feito por João de Deus. Um dos argumentos usados para a negação foi o de que ele movimentou quantias milionárias através de terceiros.A defesa argumenta que João de Deus não tem condições de permanecer na prisão por ter 77 anos e sofrer de doença coronariana e vascular, além de ter sido operado recentemente de um câncer no estômago.O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou hoje (1º) um pedido de liberdade feito pela defesa do médium João de Deus, preso desde 16 de dezembro acusado de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável.
Ontem (28), o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), já havia rejeitado um pedido de prisão domiciliar feito por João de Deus. Um dos argumentos usados para a negação foi o de que ele movimentou quantias milionárias através de terceiros. A defesa argumenta que João de Deus não tem condições de permanecer na prisão por ter 77 anos e sofrer de doença coronariana e vascular, além de ter sido operado recentemente de um câncer no estômago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário