segunda-feira, 11 de março de 2019

Maradona tem três filhos em Cuba e vai reconhecê-los, diz advogado - Ídolo argentino viajará à ilha para realizar testes de DNA



Em 2016, Maradona assumiu legalmente o filho que teve na Itália (Reprodução/Twitter)

https://veja.abril.com.br/placar - Diego Maradona tem três filhos em Cuba e viajará à ilha para reconhecê-los, afirmou nesta sexta-feira, 8, seu advogado, Matías Morla, ao jornal argentino Clarín. O ex-jogador de 58 anos, que atualmente trabalha como treinador do Dorados de Sinaloa, do México, realizará testes de DNA antes de conhecer os novos herdeiros, que já são adolescentes e filhos de mães diferentes.
Maradona tem cinco filhos reconhecidos legalmente: Dalma e Giannina, do longo casamento com Claudia Villafane, Jana e Diego Fernando, de relacionamentos mais recentes, e Diego Junior, o filho italiano que o ídolo do Napoli demorou 29 anos a reconhecer na Justiça. Se confirmados os novos casos de paternidade, Maradona chegará a oito filhos.
Os adolescentes seriam de duas mães diferentes. Maradona viajou a Cuba em 2000 para tratar sua dependência química em uma clínica de reabilitação, dias depois de passar por uma overdose de cocaína no Uruguai. Na época, estava obeso e “à beira da morte”, segundo pessoas próximas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário