quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

PCCE prende estelionatários e apreende cartões do transporte público


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de trabalho desenvolvido pelo 5º Distrito Policial, prendeu três suspeitos envolvidos no crime de estelionato e falsa identidade. A captura do grupo foi realizada durante operação policial, nessa quarta-feira (18), nos bairros Parangaba e Siqueira, em Fortaleza. Os detalhes da ação policial foi divulgada, nesta quinta-feira (19), em coletiva de imprensa, na sede do 5º DP (Parangaba).Após as investigações da Polícia Civil e diligências realizadas nos terminais da Parangaba e do Siqueira, três indivíduos foram presos sob a suspeita da prática de estelionato e falsa identidade. Eles vendiam as passagens de ônibus a terceiros, na entrada dos terminais.
Uma equipe da PCCE designada ao policiamento a pé nos arredores do terminal da Parangaba, ficou observando a prática dos suspeitos. Dois deles estavam com vários cartões eletrônicos utilizados para pagamento de passagens nos ônibus. Os cartões eram comercializados com os usuários do transporte. Ao flagrar a atitude dos suspeitos, os policiais deram voz de prisão aos homens, que foram identificados como Marcos Aurélio Ferreira de Sousa Júnior (19) e Elderson Macena Ribeiro (28), ambos sem passagem pela Polícia. Os homens foram conduzidos para o 5º DP.
Em outra abordagem policial da mesma investigação, desta vez no terminal do Siqueira, Raimundo Nonato Silveira Rocha (35), sem antecedentes, foi preso em flagrante. Raimundo também praticava a venda indevida dos cartões eletrônicos de transporte na frente do terminal. Ele recebeu voz de prisão e também foi encaminhado para o 5º DP.



Todos os indivíduos responderão pelo crime de estelionato e falsa identidade. Com eles foram apreendidas 25 unidades de vale transporte eletrônico, um cartão de banco e um aparelho celular.

Alerta
A Polícia Civil alerta que quem compra ou vende o passe eletrônico pode responder pelos crimes de estelionato e/ou falsidade ideológica. Em caso de perda ou roubo do cartão, a Polícia Civil recomenda ao titular que registre Boletim de Ocorrência (BO) em uma unidade policial e comunique à empresa prestadora do serviço para fazer o bloqueio e solicitar a 2ª via do cartão.
A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do caso ou fazendo denúncias anônimas para auxiliar o trabalho policial. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3101-2948, telefone do 5º DP. O sigilo é garantido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário