quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Trabalhadores são mortos tiros após cortarem energia elétrica de traficantes no Maranhão


Dois funcionários da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram executados após cortarem a energia elétrica em um “local proibido” em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís. As informações são do Diário Online. João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva foram assassinados a tiros dentro do veículo da empresa enquanto trabalhavam.
A suspeita é que tenham sido mortos por conta do corte de energia na casa de um integrante da facção. As investigações iniciais indicam que os responsáveis pelo crime seriam integrantes de uma facção criminosa que atua no local. A Cemar, em nota, afirmou que está colaborando com as informações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário