quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Pelo 3º ano consecutivo Santa Casa de Itabuna é destaque no Prêmio Benchmarking Saúde

Com dois cases de sucesso, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna recebeu pela terceira vez, o Prêmio Benchmarking 2018, categoria Ouro, como melhor Santa casa do Interior. Este ano, a instituição também conquistou pela segunda vez o selo Prata, na categoria Ação Social.
A solenidade, realizada no Solar Cunha Guedes - Corredor da Vitória, na última quinta-feira (25), reuniu gestores do setor público, prestadores de serviços de saúde e empresários. Representando a Santa Casa de Itabuna participaram da solenidade da entrega doprêmio, o vice-provedor Sílvio Porto, o diretor médico do Hospital Calixto Midlej Filho, o médico Tarcyo Bonfim, o 2º Tesoureiro, Peter Devires Lemos, o Diretor executivo José Saturnino Rodrigues. Representando as ações sociais,a presidente das irmãs auxiliadoras, a médica Mércia Margotto, além da irmã religiosa da congregação Irmãs Pobres de Catarina de Sena, a Irmã Eremitta Oliveira.
Ao receber o prêmio,o vice-provedor, o médico Sílvo Porto dedicou a conquista a todos os colaboradores da Santa Casa e agradeceu o reconhecimento pelo título. “Estamos sempre nos aperfeiçoando e adotando modernas e eficientes práticas de gestão. Nosso sincero muito obrigado a todos que votaram na nossa instituição. E dizer que receber o troféu pela terceira vez, aumenta a responsabilidade da nossa gestão”, pontuou.

Prêmio Benchmarking Saúde Bahia
Considerado o evento mais importante do segmento médico-hospitalar daBahia, a 8 ª edição do Prêmio é uma realização do Grupo Criamed, com mais de 100 indicados na Bahia, avaliados em critérios como credibilidade, inovação, visibilidade de mercado e investimentos realizados.

Caixa conhece dados sobre a saúde dos bancários

Pesquisa realizada com os empregados da Caixa constatou que 1/3 dos bancários teve problemas de saúde relacionados ao trabalho nos últimos 12 meses. A sobrecarga e o modelo de gestão que estimula o assédio moral agravam o problema. Em 60,5% dos casos, os funcionários tiveram doenças psicológicas causadas por estresse.
Com os dados da pesquisa Saúde do Trabalhador da Caixa 2018, representantes dos trabalhadores da instituição levaram propostas para melhorar as condições de saúde à presidência do banco, na semana passada. Foram cobradas medidas concretas, a exemplo da contratação de empregados, realização de oficina conjunta conduzida por especialistas para diagnosticar os problemas e traçar ações de promoção e prevenção para saúde mental, dentre outros pontos.
Para o movimento sindical, a Caixa deve rever urgente as práticas de gestão e perceber o quanto a própria produtividade impacta negativamente na saúde. Como a cobrança para bater metas é uma prática comum na Caixa, a preocupação é ainda maior porque muitos empregados sofrem em silêncio com medo de demonstrar o sofrimento e perder as funções.
O presidente da instituição, Nelson Antonio de Souza, se comprometeu em analisar as propostas e buscar a melhoria. Ainda reconheceu a importância da pesquisa para identificar os problemas que acometem os trabalhadores. (SBBA)

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Chuvas fortes deixam Defesa Civil de Ilhéus em alerta

A Defesa Civil de Ilhéus está em alerta, por conta das chuvas que vêm caindo na cidade. e faz o monitorando de todas as áreas de risco existentes nos morros do município. De acordo com o site Climatempo (https://www.climatempo.com.br/previsao-do-tempo/15-dias/cidade/49/ilheus-ba), nas últimas horas foi registrado um índice pluviométrico de 55 milímetros, que deve se estender até terça-feira (30), porém em menor quantidade. Em casos de emergência, o contato para a Defesa Civil deve ser feito para os telefones (73) 98899-2123 e 98836-2753.
Segundo o coordenador municipal da Defesa Civil, Joandre Neres, a chuva começou em Ilhéus de forma moderada no último sábado (27), com previsão de estender até esta terça-feira (30). “Por conta disso, foram registradas algumas ocorrências na Rua da Horta, próxima do Alto do da Esperança, e na Avenida Brasil, no alto da Conquista. Já no Alto do Outeiro (São Sebastião), antecipamos a situação e colocamos lonas pretas para minimizar os riscos de deslizamento de encostas”, afirmou.
Joandre Neres disse ainda que, seguindo orientação do prefeito Mário Alexandre, nos locais onde podem ocorrer de deslizamento de terras, a Defesa Civil faz vistoria, avalia a situação dos imóveis e passa orientações às famílias. Para os moradores que já foram beneficiados com programas de habitação da Secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, a recomendação é que deixem os locais de risco. “Fazemos a revisão geral das áreas de risco, verificamos se existem danos, e sugerimos que deixem as áreas. Além disso, recomendamos atenção para as arvores que se encontram nas imediações”, enfatizou.

IV Festival Radioca reúne 11 shows em três dias



Pela primeira vez ocupando o Largo Quincas Berro d’Água, no Pelourinho, evento de música brasileira, patrocinado pelo Natura Musical, Cerveja Devassa e Estado da Bahia, destaca diversidade de origens e presença da mulher.
A música que você ainda vai ouvir. Este é o espirito do Festival Radioca, evento realizado em Salvador que mapeia a música brasileira contemporânea e apresenta suas apostas sobre o que o público interessado vai curtir experimentar, ver ao vivo, incluir na sua rotina. A 4ª edição ocorre de 9 a 11 de novembro, no Largo Quincas Berro d’Água, no Pelourinho, apresentando 11 shows em três dias. Neste ano, destaca-se a diversidade de origens da escalação, vinda de sete estados diferentes, ao mesmo tempo em que a presença de baianos é recorde: serão cinco as atrações da Bahia. Ainda é potente a seleção feminina, com quatro cantoras em carreira solo demonstrando a razão de estarem na lista dos principais acontecimentos da cena musical do país.
Ingressos individuais para cada data e um superpassaporte para os três dias estão disponíveis em www.sympla.com.br/radioca2018 e nas lojas Midialouca.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

CONFIRA AS LOTERIAS DO FINAL DE SEMANA - 22 A 27/10

Mega Sena

27.10Concurso 2092
111315172227

Loteria Federal

27.10Concurso 5331
69.63506.66865.22015.26409.947

Lotofácil

26.10Concurso 1729
12468
910111214
1618212425

Quina

27.10Concurso 4812
19394256

Três veículos roubados são recuperados pela polícia em menos de uma semana


Em menos de sete dias, três veículos que haviam sido tomados das vítimas por assalto foram recuperados pela Polícia Civil da Paraíba. Após realizar um intenso trabalho de investigação, a equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) conseguiu localizar uma motocicleta, da marca Honda Hornet de 600 cilindradas; um caminhão VW/8.160 DRC e um veículo de modelo HB20 de cor branca. As informações foram divulgadas na sexta-feira (26).
Os policiais também prenderam em flagrante delito Paulo Henrique Barbosa, suspeito de participação nos crimes envolvendo veículos. O delegado titular da DRFVC, Getúlio Machado, afirmou que o combate a essa modalidade de crime continuará de forma intensa e ininterrupta. Ele revelou que as investigações permanecem em andamento e que outras prisões deverão ocorrer em breve.
No entanto, a população também pode colaborar com o trabalho da polícia, repassando informações pelo Disque 197. O serviço é gratuito e garante o sigilo das informações e o anonimato do denunciante.

domingo, 28 de outubro de 2018

No retorno das eleições, Plenário pode concluir medida provisória das santas casas



Na semana seguinte às eleições os deputados irão votar a MP das santas casas e analisar o projeto de lei sobre o capital estrangeiro na aviação. Outro assunto na pauta é o Projeto de Lei Complementar que trata do cadastro positivo - Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Na primeira semana depois do segundo turno das eleições, a Câmara dos Deputados pode concluir a votação da medida provisória que prevê uma linha de financiamento para as santas casas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os deputados precisam votar os destaques apresentados à matéria. As sessões estão marcadas de terça (30) a quinta-feira (1º).
A MP 848/18 cria essa linha de crédito para socorrer as santas casas e os hospitais filantrópicos que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o texto, 5% do programa anual de aplicações do fundo serão destinados a essa linha (cerca de R$ 4 bilhões em 2018). Os operadores serão Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Relator do Orçamento propõe diálogo com equipe de novo presidente da República

O relator-geral do projeto da Lei Orçamentária Anual de 2019 (LOA - PLN 27/18), senador Waldemir Moka (MDB-MS), defendeu que a equipe econômica do novo presidente da República seja ouvida pela Comissão Mista de Orçamento antes de aprovar a proposta. Neste domingo (28) será realizado o segundo turno das eleições.

Hospital Vida Memorial inaugura espaço exclusivo para pronto atendimento infantil



O Hospital Vida Memorial, situado próximo ao Terminal Rodoviário Urbano de Ilhéus, no centro da cidade, inaugurou ontem (24), um espaço de pronto atendimento (SUS) com ambientação lúdica para bebês, crianças e adolescentes com capacidade para atender cerca de 100 pacientes em pediatria. A ampliação busca oferecer serviços personalizados para este público e possibilita a realização de protocolos que evitem a internação de casos de baixa complexidade garantindo a desospitalização.
O local foi desenhado e caracterizado de forma lúdica com decoração especial para receber os pacientes, além de permitir que ao entrar no pronto-socorro as crianças e adolescentes sintam-se em um ambiente descontraído e familiar. A nova área dispõe de alta tecnologia, está apta a realizar procedimentos de urgência e emergência, e conta com profissionais capacitados especialmente para atender este público. O pronto atendimento é coberto por consultórios exclusivos, salas de atendimento de emergência, medicação, inalação e observação.
Evolução da saúde – Durante o ato, o prefeito Mário Alexandre parabenizou os administradores, ressaltando a parceria firmada com o Município. “Vejo que finalmente agora, a população entendeu a nossa proposta em fazer evoluir a saúde em nossa cidade. Além das parcerias com o Vida Memorial e Governo do Estado, recuperamos 10 postos de saúde e mais nove que estão em reforma. Novos investimentos estão chegando e

Igreja Batista Lindinópolis inicia campanha de 40 dias de jejum e oração



Foi iniciada nesta segunda-feira, 22 de outubro e vai até o dia 30 de novembro, a grande campanha de jejum e oração em prol da família. Há nove anos a iniciativa parte da Igreja Batista Lindinópolis e integra a Campanha de mobilização dos 40 Dias de Oração “Movidos pela Graça” da Junta de Missões Nacionais. De acordo com a coordenação da campanha, o tema para este ano é “A igreja de joelhos a Família de Pé”, com programação que vai das 6 às 7h da manhã, no templo sede, que fica situado no bairro da Conquista.
“Teremos 40 dias de oração e ações de compaixão. É mais uma oportunidade em que estaremos clamando a Deus pelas famílias. E a cada ano cresce o envolvimento das famílias e as intervenções de Deus, curando, restaurando, restituindo, enfim, a jornada tem criado um ambiente propício para as manifestações de Deus na família e todos devem estar mobilizados em Oração, Compaixão e Graça como ressalta o texto bíblico de registrado na carta aos Efésios 3:14 “Por causa me ponho de joelhos perante o Pai”, destacou o pastor Pedro Chagas.

sábado, 27 de outubro de 2018

Prefeito destaca parceria institucional com a Faculdade de Ilhéus




Ao visitar as atividades do Mutirão de Saúde e Cidadania, promovido pela Faculdade de Ilhéus, nesta sexta-feira, dia 26, o prefeito Mário Alexandre destacou a parceria mantida com a instituição, no sentido de ampliar a prestação de serviços à comunidade, notadamente às parcelas mais necessitadas da população. O evento integra a XIII Feira de Negócios e Oportunidades (Fenopo), que teve início na quarta-feira e segue até sábado, 27, proporcionando atendimentos em diversos setores da saúde, assistência jurídica gratuita, atividades de beleza e relaxamento, além de ações de incentivo ao empreendedorismo.
A Prefeitura participou do mutirão, através da secretaria municipal de Saúde (Sesau), com a oferta de atendimento médico em clínica geral, ortopedia, ginecologia e cardiologia, além de outros serviços. Durante o evento, o prefeito reuniu-se com os diretores da Faculdade, Almir e Sandra Milanesi, e o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, e discutiu formas de cooperação entre as instituições para reforçar o atendimento nas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF) nos bairros Hernani Sá e Nelson Costa.
“A educação é tudo. Quando a gente vê instituições de ensino particulares fazendo ações como esta, estimulando o estudante, fortalecendo o desenvolvimento econômico da cidade, promovendo um mutirão com trabalho social, um mutirão de médicos, em parceria com a Prefeitura, que atende à comunidade do entorno da Faculdade de Ilhéus, ficamos felizes quando vemos o tamanho da participação popular”, disse o prefeito.
Esta semana, o prefeito assinou convênio com a Faculdade de Ilhéus para disponibilizar consultorias administrativas e empresariais aos Microempreendedores Individuais (MEIs)

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Dupla é presa e fábrica de armas artesanais é fechada em ação da Polícia em Banabuiú





Uma ação conjunta realizada por equipes das Polícias Civil do Estado do Ceará (PCCE) e Militar do Ceará (PMCE), nessa quinta-feira (25), resultou em duas prisões, na apreensão de três armas de fogo e no desmonte de um local onde eram fabricadas armas artesanais. O trabalho aconteceu na cidade de Banabuiú, que fica na Área Integrada de Segurança (20). Os presos e todo material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Municipal local.
Uma composição do Policiamento Ostensivo Geral (POG) foi informada sobre o roubo de uma motocicleta, e logo deu início às buscas, com o objetivo de localizar os responsáveis pelo crime. Um Boletim de Ocorrência (B.O) na delegacia local, e a partir daí a PCCE começou as investigações acerca do caso. Durante o trabalho de buscas, uma denúncia anônima indicou aos agentes de segurança o local onde os autores do assalto e o veículo roubado estavam.
Com base nas informações passadas pelo denunciante, equipes da Delegacia Municipal de Banabuiú e do Policiamento Ostensivo Geral foram até um imóvel situado na Rua Brasília, no bairro de mesmo nome. Foi montado um cerco no local, quando um dos indivíduos efetuou um disparo em direção a composição. Os agentes de segurança revidaram. Foi solicitado apoio do Comando Tático

TRF3 - Justiça Federal condena União e Funai a R$ 4 milhões por danos morais coletivos

Decisão também estabeleceu prazo de um ano para conclusão do processo de demarcação de terras da Comunidade Ivy Katu, sob pena de multa diária de R$ 3 mil
O Juiz Federal Substituto Bruno Barbosa Stamm, da 1ª Vara Federal de Naviraí, no estado de Mato Grosso do Sul (MS), condenou a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) ao pagamento de danos morais coletivos arbitrados em R$ 4 milhões, por atraso na demarcação de terras da Comunidade Indígena de Yvy Katu.
A sentença foi proferida em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal e também determinou a conclusão do processo de demarcação no prazo de um ano, sob pena de multa diária de R$ 3 mil.

Folha de S.Paulo apresenta queixa ao TSE e pede que PF investigue ameaças a profissionais



Após a publicação de reportagens investigativas sobre a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), a autora da matéria, jornalista Patrícia Campos Mello, recebeu centenas de intimidações e ofensas sobretudo via redes sociais. Outros dois jornalistas que participaram da apuração da reportagem também vêm sofrendo ataques, acrescentou o jornal em comunicado. O diretor do Instituto Datafolha, Mauro Paulino, foi alvo de ameaças por redes sociais e em sua casa.A Folha disse ter identificado uma “ação orquestrada contra a liberdade de expressão”. Segundo o jornal, os ataques se alastraram por grupos de apoio ao presidenciável do PSL no WhatsApp.No dia 19 de outubro, a Folha publicou reportagem denunciando um esquema de compra de envio de mensagens em massa no aplicativo WhatsApp que seria bancado por empresários favoráveis a Bolsonaro. Os contratos chegariam até R$ 12 milhões. Bolsonaro e executivos citados na reportagem negaram qualquer envolvimento.

POLÍCIA CIVIL DE BARRA DO CORDA INTENSIFICA AÇÃO CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS


Por Ascom – PC - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Barra do Corda, coordenada pelo Del Regional Renilto Ferreira e equipe de capturas, cumpriu na manhã do dia 23/10, dois mandados de busca e apreensão no Bairro Vila Alvorada, com o intuito de reprimir o tráfico de drogas na cidade.
Foram cumpridos mandados de buscas nas casas dos investigados MANOEL QUINTO DA SILVA, 30 anos, bem como em seu comercio (Mercantil Emilly) e de MARCOS DIONES DOS SANTOS NOBRE, conhecido por “PANGARÉ”, este último, tem como uma de suas residências a casa do pai, conhecido por “CELINO”, onde funciona a Distribuidora e Mercearia Nobre, que também passou por busca.

Pesquisa Datafolha indica Bolsonaro com 56% e Haddad com 44% dos votos válidos



CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA JAIR BOLSONARO (PSL) E FERNANDO HADDAD (PT).

Portugal Digital com Agência Brasil - No levantamento anterior, realizado no dia 18 de outubro, o ex-capitão do Exército havia registrado 59% e o ex-prefeito de São Paulo, 41% dos votos válidos.Na contagem das intenções de votos totais, Bolsonaro marcou 48% e Haddad, 38%. Brancos e nulos somaram 8% e indecisos, 6%. Destes, 22% expressaram abertura para mudar de posição até o dia da eleição. Há uma semana, a medição das intenções de votos totais registrou 50% para o candidato do PSL, 35% para o concorrente do PT, 10% brancos ou nulos e 5% indecisos.Segundo o Datafolha, Bolsonaro perdeu apoio em todas as regiões do país, mas permanece na frente. No Sudeste, a vantagem é de 53%, contra 31%. A única região em que Haddad está na frente é no Nordeste, onde tem 56% das intenções de voto, contra 30% do ex-capitão.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

TJDF - Justiça põe fim a conflito de interesses entre irmãs

Juíza titular da 6ª Vara Cível de Brasília do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios julgou parcialmente procedentes os pedidos da autora propostos em desfavor de sua irmã. Trata-se de ação de extinção de condomínio e arbitramento de aluguel, ajuizada em 1º/11/2017.
Alega a autora ser irmã da ré, tendo ambas herdado de sua avó imóvel avaliado em R$ 550 mil. Afirma que, após o inventário, a propriedade do apartamento localizado na Asa Sul - Brasília/ DF foi transferida a elas, na proporção de 50% para cada. Acrescenta que, desde o falecimento da avó, a ré habita no imóvel e se utiliza de artimanhas para dificultar sua venda. Pede: a) a alienação judicial do bem; b) a condenação da ré ao pagamento do valor de R$ 79.568,38, a título de danos materiais; c) a condenação da ré em danos morais, no valor de R$ 16.500,00.

AVAZZ - NOTA SOBRE FAKE NEWS NAS ELEIÇÕES

Queridos amigos e amigas,
É chocante! MILHÕES de membros da Avaaz foram enganados por mentiras nestas eleições. Isso não é motivo de vergonha pois essas mentiras foram muito bem-feitas. Mas vamos nos certificar que votaremos sabendo a verdade -- veja aqui e compartilhe esse email com todo mundo!! 
1 - As urnas eletrônicas NÃO foram fraudadas!
No dia da eleição, um homem filmou uma urna eletrônica dizendo que ela estava fraudada, e mostrava automaticamente Haddad quando se pressionava o número 1. O governo, a Justiça e os meios de comunicação de todos os lados políticos mostraram que o vídeo foi manipulado. Veja você mesmo: Veja, UOL, TSE, G1, Valor Econômico.
2 - Haddad NÃO distribuiu “kit gay” para crianças nas escolas
Nem uma única escola JAMAIS recebeu um chamado "kit gay" porque eles não existem! O que foi chamado de “kit gay” foi um conjunto de materiais destinados a ensinar as crianças sobre a homofobia, criado quando Haddad era Ministro da Educação. Não se tratava de tornar as crianças gays, mas de combater a violência contra crianças gays. Aqui está parte do material. Veja você mesmo: G1, Valor Econômico, Huffpost.3
3 - Revistas VEJA e Época NÃO receberam R$ 600 milhões para difamar Bolsonaro
Tudo começou no YouTube, com a deputada federal eleita Joice Hasselmann espalhando descaradamente uma mentira de que VEJA levou dinheiro para assediar Bolsonaro. Hasselmann nunca provou isso, nem mostrou quaisquer documentos apoiando sua alegação. No final, foi apenas uma teoria da conspiração. Veja você mesmo: O Antagonista, The Intercept Brasil, El País.
4 - Haddad NÃO convidou Jean Wyllys para ser Ministro da Educação
Alguém criou uma versão falsa do site G1, da Globo para espalhar essa história que se tornou viral! Nunca houve nenhum registro em lugar algum de Haddad dizendo isso, nenhuma citação, nenhum vídeo, nada. Veja você mesmo: G1, Folha, Estadão, Valor Econômico, O Globo, Piauí, UOL.
5 - Feministas e grupos anti-Bolsonaro NÃO defecaram OU fizeram sexo dentro de igrejas evangélicas
Todas as imagens usadas nessas histórias estão amplamente fora de contexto. A imagem de mulheres protestando seminuas em frente a uma igreja - algo a que muitos de nós poderíamos realmente nos opor - aconteceu em 2013 e não tem nada a ver com Bolsonaro. E, veja só, as imagens usadas de pessoas fazendo sexo dentro da igreja sequer são do Brasil, mas da Noruega! Veja você mesmo: Aos Fatos, Época, Boatos.org.
6 - Haddad e Manuela NÃO estavam conspirando contra o exército e Bolsonaro -- e nunca existiu um aúdio secreto!
Uma mensagem de áudio editada se tornou viral no WhatsApp dizendo que existia uma “chamada telefônica secreta” entre os candidatos do PT. O aúdio verdadeiro era, na REALIDADE, uma entrevista que Haddad deu em conjunto para o UOL, Folha e SBT, e Manuela sequer estava lá. A mulher na gravação? A entrevistadora! Veja você mesmo, leia as notícias e, melhor ainda, assista o vídeo real aqui: Estadão; G1.
7 - Haddad NÃO escreveu um livro encorajando incesto e pedofilia!
O escritor Olavo de Carvalho publicou em suas redes sociais que Haddad encorajava sexo entre pais e filhos em um livro seu, "Em defesa do socialismo: por ocasião dos 150 anos do manifesto" (1998). Comprova, um grupo de 23 veículos de mídia, leu o livro e disse: "Não há citações sobre incesto ou relações que rompam dogmas do relacionamento familiar tradicional na obra." Veja você mesmo: Projeto Comprova; G1; Poder 360; Folha de S. Paulo
A democracia morre quando a verdade deixa de valer algo. Independente das nossas posições políticas, vamos nos certificar de fazer as escolhas profundas sobre nosso futuro com base em fatos, não em mentiras. Compartilhe esse email com todo mundo.
Com amor e respeito,
A equipe da Avaaz
PS: A única maneira de combater mentiras é com a verdade. Compartilhe isso com todas as pessoas que você conhece:  FacebookWhatsApp

TSE rejeita pedido de Bolsonaro para excluir notícias sobre veto a kit gay


Candidato apresentou livro durante entrevista ao Jornal Nacional

O ministro Luis Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou pedido de liminar da coligação de Jair Bolsonaro (PSL) para excluir de sites, do Google, do Twitter e do Facebook notícias sobre decisão proferida pela corte na semana passada relacionadas ao chamado kit gay. O candidato alega ser vítima de “fake news” com a divulgação de que o TSE o teria proibido de usar o termo durante a campanha eleitoral.
De acordo com o presidenciável, a decisão do tribunal de proibi-lo de afirmar que o seu adversário, Fernando Haddad (PT), quando ministro da Educação, havia distribuído a crianças o livro Aparelho Sexual e Cia. foi distorcida. Bolsonaro diz que, diferentemente do que foi divulgado, não está proibido de usar o termo kit gay.

TRF4 - Tribunal confirma reintegração de posse em área ocupada por grupo indígena


Resultado de imagem para Terra Indígena Ibirama-Laklãnõ

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmou, no início de outubro, sentença que determinou a reintegração de posse aos donos de um terreno em José Boiteux (SC) que foi ocupado por um grupo indígena. O entendimento foi de que ficou demonstrada a posse dos autores do processo sobre a área.
O terreno é usado para reflorestamento, possuindo cerca de 30 mil árvores de eucalipto, e está na família desde 1955. Porém, em novembro de 2015, um grupo de indígenas ocupou o local, armando alguns barracos e bloqueando a entrada da propriedade.
Os donos ajuizaram a ação contra o grupo, a União e a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) pedindo a reintegração de posse. A Justiça Federal de Rio do Sul (SC) acolheu o pedido.

Eleições 2018: PF indicia mulher por divulgar vídeo falso em redes sociais



A Polícia Federal (PF) indiciou na última sexta-feira, 19/10, uma educadora física brasileira por crimes eleitorais por produzir e compartilhar nas redes sociais um vídeo com conteúdo falso sobre as Eleições 2018. O inquérito foi instaurado na última quinta, 18/10 pela Polícia Federal a pedido do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul. O órgão afirma ainda que, após diligências, foi possível realizar a identificação da autora do vídeo.
Conforme a PF, a mulher relata no clipe em questão o suposto envio de urnas eletrônicas fraudadas para a região Nordeste e também afirma que o Governo Federal seria responsável por uma suposta fraude no processo eleitoral.
A mulher foi indiciada por divulgar “fatos que sabe inverídicos, em relação a partidos ou candidatos e capazes de exercerem influência perante o eleitorado e caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando fins de propaganda, imputando-lhe falsamente fato definido como crime”, conforme um comunicado da PF sobre o assunto.
De acordo com o que está previsto nos artigos 324 e 325 do Código Eleitoral, aponta o site do órgão, a pena para esse crime é de três anos de detenção, sendo que a mesma pode ser aumentada em um terço por conta do uso de redes sociais para divulgar o conteúdo falso.

Prefeitura de São Luís reduz em mais de 60% casos de dengue, zika e chikungunya na capital



Agente de endemia visita casa no Centro de São Luís como forma de combater o Aedes aegyptiCom a intensificação das medidas preventivas no trabalho de porta a porta, aliada às ações educativas junto à população, a Prefeitura de São Luís registrou uma redução de aproximadamente 60% no número de casos de dengue e 68% de zika vírus e chikungunya, notificados na capital. Os dados foram observados entre janeiro a setembro deste ano e comparados com o mesmo período do ano passado. As ações seguem a orientação do prefeito Edivaldo e são realizadas de forma articulada e integrada, envolvendo as áreas da saúde, limpeza pública, educação e meio ambiente.
Como forma de valorizar ainda mais o trabalho dos agentes de endemias, profissionais indispensáveis ao combate às arboviroses, o prefeito Edivaldo entregou, semana passada, novos kits contendo uniformes e equipamentos individuais de trabalho para estes profissionais. A iniciativa visa promover ainda mais qualidade ao serviço que a Prefeitura de São Luís oferta à população. Os kits são compostos por bolsa, calças, camisas, bota, boné, repelentes e protetor solar.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Justiça condena TIM a pagar multa de R$50 milhões



A Justiça do Distrito Federal determinou recentemente, em decisão de 2ª instância, que a Tim pague uma multa de 50 milhões de reais por suposta prática abusiva contra seus clientes, conforme informações do MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios). Essa condenação por dano moral coletivo da empresa foi determinada pela 5ª Turma Cível, de forma que o valor em questão será destinado ao Fundo Distrital da Lei de Ação Civil Pública.
De acordo com o órgão, que afirma ter obtido a decisão favorável no caso em 10 de outubro, a operadora foi condenada por derrubar chamadas dos clientes da promoção Infinity por meio de um sistema de interrupção automática. Lançado em 2009, o plano Tim Infinity prometia ligações ilimitadas aos usuários apenas com o custo fixo de 0,25 centavos de real pelo primeiro minuto, de forma que o restante da ligação seria gratuito, desde que as chamadas fossem realizadas para outros números da Tim.
”Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a promoção acabou por sobrecarregar o sistema, o que tornou o desligamento do Plano Infinity quatro vezes maior que o de outros da mesma operadora”, afirmou o MPDFT. A primeira ação civil pública contra a operadora por conta da queda das ligações foi ajuizada em 2013 pela 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon) e levou em consideração os relatos de clientes da empresa, aponta o órgão.
Posição da Tim
Em nota, a operadora diz que já foi notificada sobre a decisão pela Justiça do DF e que irá tomar as “medidas cabíveis”. Além disso, a empresa afirma repudiar as alegações de que tenha acontecido queda proposital das ligações dos seus clientes. Confira abaixo a nota da Tim na íntegra.
“A TIM informa que foi notificada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e irá tomar as medidas cabíveis. A operadora reitera, de toda forma, que a Anatel já confirmou a inexistência de qualquer indício de queda proposital das ligações. Em relatório publicado em maio de 2013, a agência afirma que “não é possível concluir que a TIM estaria conferindo tratamento discriminatório aos usuários do plano Infinity pré-pago”. Assim, a companhia repudia veementemente qualquer alegação nesse sentido e reforça seu compromisso com a ética e transparência em seus negócios e com a qualidade dos seus serviços.”
WWW.IDGNOW.COM.BR

Operação integrada entre Polícia Civil, PF e PRF apreende tabletes de cocaína na BR 070



Doze tabletes de substância análoga à cocaína foram apreendidos em ação conjunta entre a Polícia Judiciária Civil (por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes -DRE), Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal na madrugada desta quarta-feira (24), no KM 635 da BR 070, no município de Poconé/MT,
A ação policial ocorreu por volta das 03h45 durante atividades de fiscalização integrada entre equipes das três instituições policiais. Uma das abordagens foi realizada a um ônibus da empresa Chico Tour, que fazia a linha Jauru X Cuiabá.
Durante procedimento de fiscalização dos passageiros foi encontrado no bagageiro do ônibus uma mala contendo 12 tabletes de substância análoga à pasta base de cocaína, totalizando 12,2 KG.
O entorpecente pertencia ao passageiro M.H.R., de 27 anos, que foi preso em flagrante por tráfico de drogas e foi encaminhado para a Polícia Civil de Poconé, juntamente com a droga apreendida.
Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas são presas pela Polícia Civil na Capital com veículo roubado



A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) prendeu em flagrante, na tarde de terça-feira (23), dois homens em posse de um automóvel roubado.
O veículo Chevrolet Onix, cor prata, foi roubado em 16 de outubro, no bairro Figueirinha, em Várzea Grande. Na ocasião, por volta das 21h, um homem (que trabalha como motorista de aplicativo) foi surpreendido por suspeitos armados que o obrigaram a descer do veículo e fugiram com o automóvel.
Os policiais civis da Derrfva realizaram a abordagem aos suspeitos próximo a um posto de combustível, localizado na Avenida Miguel Sutil, na Capital.
Christian Michael Ramalho, 28, e Samuel Francisco da Silva, 50, apresentaram aos policiais documentos falsos do veículo (Certificado de Registro de Veículo – CRV; e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV). Ambas as cédulas são produto de furtos de agências do Detran-MT.
Pouco antes da abordagem policial, os autuados haviam realizado uma vistoria particular/privada em estabelecimento credenciado, onde foram comunicados que o veículo era produto de crime e que estava com placas falsas, cujo laudo do exame particular/privado foi apreendido em poder dos autuados, não havendo como negarem a ciência da ilicitude do veículo.
Questionados sobre os fatos, os suspeitos disseram que compraram o carro, como “finan”, após ver anúncio em grupos de vendas em uma rede social. Afirmaram que pagaram R$ 11.000,00 (onze mil reais) pelo veículo.

POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS POR ENVOLVIMENTO COM O TRÁFICO DE ENTORPECENTES NO BAIRRO DO SÃO FRANCISCO


A Polícia Civil do Maranhão realizou nesta quarta-feira (17), a prisão de um grupo envolvido com ações de crime, relacionados com o tráfico de entorpecentes no bairro do São Francisco. A prisão aconteceu por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC). A quadrilha foi presa por conta de um Mandado de Prisão Preventiva, advindo da Central da Comarca da capital, pelo Mandados de Busca e Apreensão, e ainda por conta de sequestro de veículos. Com eles foram encontrados drogar e um valor em dinheiro de R$ 19 mil reais. Após a prisão eles foram encaminhados para a sede da SENARC e autuados pelo crime de tráfico de drogas.
Após a SENARC autuar os criminosos repassou à imprensa, que o grupo já estava sendo investigado há cerca de 10 meses, pelos crimes de tráfico de entorpecentes. A prisão após as investigações e monitoramento a operação “puleiro”, se deu nesta quarta-feira (17), pela comercialização de entorpecentes na capital. Foram presos no bairro do São Francisco, os criminosos Greidson dos Anjos Ramos; Ronaldo Santos Marques, o mototaxista; Marcio da Silva Ramos; Edmilson Santos Costa Ferreira JR, conhecido pelo apelido de “Junho Galinha, e o policial militar, Roberval de Sousa Muniz”, que seria o chefe da associação criminosa. O apelido se deu, por conta de ele ter adquirido um box, que comercializa a venda de frango, localizado na feira do bairro do São Francisco.
As prisões contra os acusados foram por conta de um Mandado de Prisão Preventiva, advindo da Comarca da capital, pelo Mandados de Busca e Apreensão, e ainda por conta de sequestro de veículos. Os acusados repassavam entorpecentes (cocaína), para pessoas de alto poder aquisitivo. Os demais presos na operação ajudavam o “Junho galinha” na distribuição dos entorpecentes e ainda na guarda dos entorpecentes. Na residência dos mesmos foram apreendidos uma porção de entorpecentes, uma quantia em dinheiro no valor de R$ 19 mil reais. Na casa de outro acusado fora encontrado 10 papelotes de cocaína. Na entrevista, o delegado da Senarc AlbertFontes, informou acerca da prisão do Junho Galinha, que o mesmo realizada a venda dos entorpecentes na sua própria casa. Usava também um motoqueiro e demais partícipes do grupo, para a distribuição dos entorpecentes. O delegado informou, que inclusive por meio de um monitoramento, o Junho Galinha fora flagrado na sua própria residência entregando a droga para um cliente. O delegado adiantou, que o box de frangos, era usado apenas para disfarçar a venda dos entorpecentes, serviria na verdade, para a lavagem do dinheiro da venda das drogas.

Foto: Nilson Figueiredo - Por Mauro Wagner / Ascom – PC

CÂMARA DERRUBA VETO DE TEMER E PROMULGA REAJUSTE DE 52,86% PARA AGENTES DE SAÚDE

Agentes comunitários: reajuste de 52,86% - Dênio Simões/Agência Brasília

Foi promulgado nesta terça-feira (23), no Diário Oficial da União, o reajuste de 52,86% do piso salarial de agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias.

Trechos da Lei 13.708/18 haviam sido vetados pela Presidência da República, mas o veto foi rejeitado pelo Congresso Nacional no dia 17.
Veto - A previsão de reajuste havia sido vetada pela Presidência da República após consulta aos Ministérios do Planejamento, da Justiça, da Fazenda e da Saúde.
Rejeição ao veto - Com a derrubada do veto, voltam a valer os valores incluídos no projeto de lei de conversão oriundo da MP 827/18. A remuneração será de R$ 1.250 a partir de 2019; de R$ 1.400 em 2020; e de R$ 1.550 em 2021. A partir de 2022, o piso será reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, comemorou a derrubada do veto.
“Essas pessoas são anjos da guarda sem asas. Estão todos os dias nas portas de pessoas que não têm condição de tratamento, plano de saúde, que ficam três, quatro meses numa fila para serem atendidas no SUS [Sistema Único de Saúde]. É mais do que justo e correto”, afirmou.
Regulamentação - De acordo com a Lei 13.708, é essencial e obrigatória a presença de agentes comunitários de saúde nos programas ligados à saúde da família, e de agentes de combate às endemias na estrutura de vigilância epidemiológica e ambiental. A cada dois anos, trabalhadores de ambas as carreiras frequentarão cursos de aperfeiçoamento organizados e financiados igualmente entre os entes federados.
A jornada de trabalho de 40 horas semanais exigida para garantia do piso salarial será dedicada exclusivamente às ações e aos serviços de promoção da saúde, de vigilância epidemiológica e ambiental e de combate a endemias em prol das famílias e das comunidades assistidas. A lei também assegura aos agentes participação nas atividades de planejamento e avaliação de ações, de detalhamento das atividades, de registro de dados e de reuniões de equipe.
Compete ao ente federativo ao qual o trabalhador estiver vinculado (União, estado ou município) fornecer ou custear a locomoção necessária para o exercício das atividades.
'Agência Câmara Notícias'

CNMP investiga procuradora que pediu intervenção militar no Supremo

Adicionar legenda

Em seu perfil, no qual usava o nome Camila Moro, a procuradora escreveu: “Generais, saiam do Twitter e posicionem seus homens no entorno do STF, até que Gilmar Mendes, Lewandowski e Dias Toffoli entreguem suas togas. Marquem dia que vamos juntos: Brasileiros + Exército salvaremos a Lava Jato!”

Na segunda postagem, ela escreveu: “O Brasil cansa, dá nervoso, dá dor no estômago, dá diarreia, dá dor na nuca. Que venha intervenção militar e exploda o STF e Congresso de vez!”. Segundo consta nos autos do processo, as publicações foram feitas em abril deste ano.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Três suspeitos são capturados com armas e drogas em operação da Polícia Civil em Pacajus



Uma operação desencadeada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), na cidade de Pacajus – Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13), visando o combate às ações criminosas no município, resultou nas capturas de três suspeitos e nas apreensões de armas de fogo e entorpecentes. Uma parte da ofensiva ocorreu nessa segunda-feira (22) e a atuação das equipes da Delegacia Metropolitana de Pacajus se estendeu até a manhã de hoje (23).

NOTA DA ABRUEM - BRASIL: EM DIVERSIDADE E COM DEMOCRACIA

Sem a democracia restará a barbárie. Sem a garantia de liberdades individuais e o respeito às regras mais elementares de convivência pacífica em sociedade perde-se parte fundamental dos laços que nos trouxeram até aqui como Nação.

Polícia prende quatro pessoas na segunda fase da Operação Porto Seguro


Policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, com o apoio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, realizaram na tarde desta quarta-feira (17) a segunda fase da Operação Porto Seguro, que teve como objetivo prender membros de uma organização criminosa voltada para a prática de vários crimes, entre eles o tráfico de drogas. O grupo seria comandado pelo presidiário Flavio Lima Monteiro, conhecido como ‘Fatoka’, um dos fugitivos do Presídio de Segurança Máxima Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, em Mangabeira, no dia 10 de setembro.
Nesta fase da Operação Porto Seguro, realizada no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa, foram presos: José Monteiro Azevedo, 24 anos; Diego Miguez da Silva Cordeiro, 36 anos; Sabrina Mirela da Silva, 25 anos; e Gean Lopes dos Santos, 27 anos. Os suspeitos foram surpreendidos pelos policiais quando estavam em suas residências, isto impediu que eles pudessem escapar do cerco. Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes e ouvidos pelo delegado Carlos Othon. Os investigados estão na carceragem da Central de Polícia, no Geisel, e serão encaminhados para a audiência de custódia.
A ação realizada nesta quarta-feira foi a conclusão da Operação Porto Seguro, que teve a primeira fase deflagrada no dia 4 de junho. Na época, cinco pessoas foram presas por envolvimento com o grupo criminoso responsável pelo tráfico de drogas e prática de homicídios no município de Cabedelo. O trabalho investigativo que resultou na Operação começou em março. Durante este período, 23 pessoas já foram presas no município por policiais da DRE, sendo nove em virtude de mandados de prisão preventiva e 14 por autuação em flagrante delito. Também foram apreendidos cerca de 30 kg de maconha, 4,5 kg de crack, duas armas de fogo, 54 munições de vários calibres, dois veículos e aproximadamente R$ 11 mil.

Avatim apresenta nova identidade visual



A partir deste mês de outubro, a Avatim passa a trabalhar com um novo logotipo para compor sua marca. Com detalhes do design inspirados em formas da natureza, o novo ícone traduz a essência e os valores da empresa, incluindo a propagação das raízes brasileiras. O logotipo traz as letras da palavra AVATIM camufladas e será aplicado ao lado no nome, que conservou a tipologia anterior, com pequenos ajustes.
“Trata-se de um amadurecimento da marca, que precisa acompanhar a evolução pela qual a empresa vem passando nos últimos anos. A nova identidade visual da Avatim acompanha o também novo design das lojas, mais moderno, com presença mais forte”, declarou Mônica Burgos, sócia-diretora.

TRE-BA mantém vereador de Vitória da Conquista alvo de operação da PF


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) negou pedido do vereador de Vitória da Conquista, Rodrigo Oliveira da Silva Moreira (PP), para voltar ao cargo. Na decisão, o desembargador Jatahy Junior ainda determinou a extinção do processo. O pepista foi afastado no âmbito da Operação Condotieri, deflagrada pela Polícia Federal em agosto deste ano (relembre). Ele é acusado de liderar um esquema de compra de votos nas eleições de 2016, quando foi eleito.
De acordo com as investigações, Rodrigo oferecia empregos no novo presídio de Conquista, em troca de apoio na campanha e de votos. Além disso, a organização criminosa se utilizou da estrutura de outros órgãos públicos, como o Detran e a Zona Azul, para o mesmo fim. No mandado de segurança encaminhado ao TRE-BA, o vereador alegou não ter utilizado do cargo nem ter feito uso da estrutura física e dos recursos da Câmara para cometer as irregularidades das quais é acusado.
Ele ainda alegou que as medidas de afastamento do cargo e proibição de acessar a Casa só poderiam ter sido impostas se “os fatos imputados guardassem relação direta com o exercício do mandato”. Para ele, isso pode se configurar como “mera antecipação da pena”. Segundo o desembargador, no entanto, o mandado de segurança, recurso utilizado pelo vereador para pedir a volta ao cargo, é “inadequado para se discutir a legalidade das restrições decretadas” contra o vereador.

Pesquisa desenvolve hambúrguer de feijão fermentado

Adicionar legenda
Em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), a equipe da pesquisadora Priscila Zaczuk Bassinello, da Embrapa Arroz e Feijão (GO), desenvolveu um alimento a partir da fermentação de grãos de feijão, chamado tempeh, produto original da Indonésia usualmente feito de soja. Ele ainda é pouco conhecido dos brasileiros e pode ser consumido como um hambúrguer vegetal no recheio de sanduíches. Rico em fibras, proteína e minerais, como zinco, ferro e cálcio, o hambúrguer de tempeh de feijão (HTF) da Embrapa pode também ser empregado em dietas sem proteína animal como substituto da carne em sopas, saladas e molhos para massas.
Com forte apelo em nichos comerciais com linhas vegetarianas ou veganas, o tempeh não é algo simples para ser preparado por consumidores. Produzido com grãos sem casca, inteiros ou não, o tempeh de feijão (TF) passa agora por aperfeiçoamento em sua composição, para aumentar a sua aceitabilidade. A empresa Totale Vegan, parceira nessa pesquisa, com sede em Resende (RJ) e experiência no mercado, ficou interessada no produto e, como já fabrica e comercializa o tempeh de soja, acenou com possível inclusão do produto à base de feijão em sua linha de produção. Após a conclusão da fórmula, ela deverá ser disponibilizada tanto para a indústria como para os demais interessados, quando a receita do hambúrguer à base de tempeh de feijão também será divulgada, inclusive para preparo doméstico.
Foto: Rayanede Jesus Vital





A pesquisadora Priscila Zaczuk Bassinello, da Embrapa Arroz e Feijão, fala sobre prováveis ganhos de mercado com o aproveitamento de grãos de feijão não inteiros ou envelhecidos para produção do Tempeh

Para a produção do tempeh que deu origem ao hambúrguer dessa pesquisa, optou-se pelo feijão do tipo carioca, cultivar BRS-Pérola, que possui boa representação de padrão comercial. Também foi desenvolvido com sucesso a partir de feijão branco, cultivar BRS-Ártico. A ele, adicionaram-se temperos tradicionais da culinária popular, como alho, cebola, pimenta e azeite. Os grãos foram multiplicados em experimentos conduzidos na Fazenda Capivara, sede da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás.

Os ingredientes utilizados na produção dos hambúrgueres foram homogeneizados em multiprocessador culinário e moldados manualmente. A massa moldada de hambúrgueres foi grelhada em frigideira antiaderente, untada com azeite, dourando em ambos os lados.

O que é tempeh?

O tempeh é um alimento originário da ilha de Java, na Indonésia, tradicionalmente produzido por meio de fermentação do grão da soja, pelo fungo Rhizopus oligosporus. Normalmente consumido frito, cozido ou assado, é um produto atrativo pelo sabor, textura e propriedades nutricionais, adotado como substituto da carne, devido à sua riqueza proteica. Para o tempehde feijão brasileiro, adotou-se o mesmo fungo.






A pesquisadora Priscila Zaczuk Bassinello, da Embrapa Arroz e Feijão, fala sobre fatores nutricionais e ligados à saúde no consumo do hambúrguer de tempeh de feijão
Análise Sensorial

Os testes sensoriais foram aplicados no Laboratório de Microbiologia da Faculdade Metropolitana de Anápolis (FAMA) e em um mercado gourmet de um bairro residencial de Goiânia. A aceitação dos hambúrgueres com tempeh de feijão foi avaliada pela aparência, aroma, sabor e impressão global, por um grupo de 82 provadores não treinados e que nunca haviam consumido esse alimento à base de tempeh.

Para comparação, foi utilizado o hambúrguer elaborado à base de tempeh de soja, produto já disponível no mercado, com boa aceitação entre consumidores das diversas regiões do País. A avaliação baseou-se em escala hedônica de nove pontos, na qual o 9 significa Gostei Muitíssimo e o 1 Desgostei Muitíssimo.

Segundo Priscila Bassinello, geralmente é com a apresentação visual do alimento que o provador, em seu imaginário, seleciona os sabores que espera sentir. Isso afirma o provável sucesso do HTF, já que, quanto à aparência, foi grande sua aceitação, passando de 75% a frequência de provadores que consideraram “agradável” o aspecto dos hambúrgueres de tempeh, remetendo aos hambúrgueres de carne de frango.

Busca por hábitos mais saudáveis

Com o interesse de boa parte da população por hábitos de consumo mais saudáveis, e a busca por produtos que aliem saciedade, sensação de prazer, sabor e benefícios à saúde, a indústria alimentícia vem diversificando sua oferta e mudando o foco de sua linha de produção. Em uma lista diversa, destacam-se os fermentados, como o kefir, o iogurte probiótico e o tempeh.


Quanto ao aroma, a aprovação ultrapassou os 55% dos provadores, mas, em relação ao sabor, houve uma rejeição por parte de 42% dos participantes. Parece haver um sabor amargo residual. Além da possibilidade de um tempo de cozimento insuficiente dos grãos para fermentação, esse fato pode ser explicado pelo odor do feijão não fazer parte da memória olfativa, ligada ao aroma de hambúrguer já experimentado pelo provador, e, como o paladar (sabor) envolve uma mistura de sensações gustativas, táteis e também ligadas diretamente ao olfato, o participante do teste tem a mesma dificuldade de reconhecer de imediato como agradável. “Quando se imagina ou visualiza um alimento, automaticamente, aroma e sabor são buscados no subconsciente e, ao prová-lo, espera-se sensação parecida com o já conhecido”, diz Bassinello.

Os estudos mostram que são necessárias, ainda, melhorias nas técnicas de produção da matéria-prima, em especial o cozimento, e do produto final, experimentando novas receitas, novos ingredientes ou adequando os já utilizados, de modo a aumentar a aceitabilidade nos testes sensoriais. Já é possível, entretanto, inferir que o produto à base de feijão tem potencial como boa alternativa para compor uma alimentação saudável, alvo da indústria alimentícia atualmente, podendo apresentar nova perspectiva de uso do grão, contribuindo para a promoção da cadeia produtiva, por meio de agregação de valor ao produto.
Parceria

Os estudos sobre o hambúrguer de tempeh de feijão (HTF) foram conduzidos na Embrapa, com participação da estudante de mestrado da Escola de Agronomia da UFG Aline Oliveira Colombo, e da graduanda do curso de Nutrição da Universidade Paulista (UNIP) Rayane de Jesus Vital. A parceria teve ainda, por parte da UFG, a colaboração da equipe do Instituto de Química e do Laboratório de Controle Higiênico-Sanitário de Alimentos, da Faculdade de Nutrição, além do apoio dos Laboratórios de Microbiologia da FAMA e do SENAI (Anápolis).

A cepa de Rhizopus oligosporus, utilizada para a produção do tempeh, foi adquirida da coleção de culturas tropicais da Fundação André Tosello Pesquisa e Tecnologia (FAT), em Campinas (SP). Como amostras de referência de tempeh de soja (TS), foram adquiridos produtos comerciais congelados, de lote único, junto ao fabricante Totale Vegan.





Henrique de Oliveira (MTb 1.960/GO)
Embrapa Arroz e Feijão

Contatos para a imprensa
arroz-e-feijao.imprensa@embrapa.br
Telefone: (62) 3533-2107

Morre ex-deputado paranaense Cezar Silvestri


Resultado de imagem para Cezar Silvestri

O ex-deputado Cezar Silvestri morreu neste domingo (21), em Curitiba (PR). Silvestri tinha 64 anos e uma longa vida política. Em 1988, foi eleito vice-prefeito de Guarapuava. Em seguida foi eleito três vezes consecutivas (em 1990, 1994 e 1998) deputado estadual do Paraná.
Na Câmara dos Deputados ele exerceu três mandatos pelo PPS, de 2003 a 2015. Além disso foi chefe da Casa Civil e secretário de Desenvolvimento Urbano no Paraná, e presidente da Agência Reguladora de Serviços Delegados do Paraná (Agepar).
Era pai do atual prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PPS), e marido da deputada estadual eleita   'Agência Câmara Notícias'