segunda-feira, 11 de junho de 2018

Polícia Civil desarticula esquema de clonagem de veículos comandado por organização criminosa





Responsável por clonar veículos roubados e furtados para serem utilizados por uma organização criminosa. Essa era a função de André Pereira da Silva (26), preso na quinta-feira (07), após uma investigação deflagrada pela Polícia Civil do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC). Os detalhes foram repassados, hoje (11), em coletiva de imprensa na sede da especializada. Foram apreendidos vários equipamentos utilizados nas confecções das placas.
Durante diligências visando desarticular um esquema de clonagem de veículos, as equipes seguiram até uma residência no Conjunto Alvorada, na Área Integrada de Segurança 07 (AIS 07), onde André foi localizado. Conforme o delegado Diego Barreto, os trabalhos policiais chegaram ao criminoso, após informes que veículos subtraídos em ações criminosas, no bairro da Sapiranga (AIS 07) e adjacências, eram encaminhados para propriedades que pertenciam ao suspeito, e lá, eram adulterados.
No primeiro imóvel, os profissionais de segurança não encontraram nenhum indício da prática delituosa. Contudo, ao seguir em buscas nas demais casas vizinhas, os policiais civis acharam o local onde era realizada a atividade ilícita. Foram apreendidos diversos espelhos de placas veiculares virgens, matrizes de números e letras, uma prensa hidráulica, rolos para a pintura dos dígitos, além de forno para secagem de tintas e placas já confeccionadas. Após a prisão de André, que também é investigado por participação em homicídios, os policiais seguiram até outro ponto, onde havia informações que o suspeito mantinha armas de fogo.
Em diligência até esse local, a DRFVC apreendeu uma pistola calibre 765 municiada. Todo o material foi encaminhado a sede da delegacia especializada, e André, que já possui antecedentes criminais por roubo, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico, e dano, foi autuado em flagrante por receptação e na lei das organizações criminosas. A prisão também foi noticiada a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investigará o envolvimento do suspeito em crimes de mortes na região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário