domingo, 24 de junho de 2018

Motorista assistia TV durante acidente fatal com carro autônomo do Uber


Imagem: reprodução/Tempe Police Department

A motorista “de segurança” do carro autônomo Uber envolvido em um acidente fatal em março deste ano estava assistindo TV via streaming durante o momento da colisão, segundo a polícia de Tempe, no Arizona, onde o caso aconteceu. As informações são da Reuters.
Em seu relatório de 318 páginas, o Departamento de Polícia de Tempe afirmou ter obtido registros da conta do Hulu da motorista Rafaela Vasquez, que mostram que ela assistiu ao programa “The Voice” por mais de 40 minutos, até às 21h59, o que “coincide com a hora aproximada da colisão”, de acordo com o documento.As autoridades locais também apontam que Rafaela ficava olhando continuamente para baixo, em vez de olhar para a estrada, voltando a atenção para cima apenas meio segundo antes do veículo, uma SUV da Volvo, atingir Elaine Herzberg, de 49 anos, que atravessava a rua a pé.
Por esses fatores todos, a polícia da cidade americana considerou que a colisão era “totalmente evitável”, caso a motorista estivesse prestando atenção na estrada.
Ainda não está claro quais serão as acusações formalizadas contra Rafaela. O relatório foi encaminhado para os promotores locais, que decidirão sobre as acusações.
O veículo trafegava no modo autônomo, com Rafaela atrás do volante, caso fosse necessário entrar em ação. Por lei, os carros autônomos devem contar com um motorista de segurança atrás do volante.

O acidente
Na noite do domingo de 18 de março, um veículo autônomo da Uber atropelou uma mulher de 49 anos. Ela atravessava uma rua mal iluminada quando a SUV a atingiu. Ela chegou a ser levada ao hospital, mas não sobreviveu aos ferimentos.
No vídeo divulgado pela polícia do Arizona, em março, é possível ver a vítima saindo das sombras e somente ficar visível quando já está no meio da pista, quando é atingida pelo veículo. A câmera interna mostra a operadora do carro alternando a sua atenção entre a pista e algo dentro do carro e sua reação ao ver o atropelamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário