quarta-feira, 6 de junho de 2018

Forças de segurança capturam doze suspeitos em operação conjunta em Solonópole


A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deflagrou, nesta quarta-feira (6), uma operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão contra 28 alvos, no município de Solonópole, Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20). Ao todo, nove adultos e três menores foram conduzidos para realização de procedimentos policiais, incluindo um suspeito de manter 450 cartões de beneficiários do programa social federal Bolsa Família. A Operação Umari reuniu 90 profissionais da Polícia Militar do Ceará (PMCE), do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI Sul), Delegacia Regional de Senador Pompeu – ambos da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) – e da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol), da SSPDS.As ações policiais resultaram na prisão de Antônio Gleuson Marcos Pinheiro (46), com antecedentes por crime de transporte irregular de eleitor, posse irregular de arma de fogo e crime de trânsito. Os policiais encontraram 450 cartões de beneficiários do Bolsa Família, na residência e no escritório dele, no Centro de Solonópole. Segundo investigações policiais, Antônio Gleuson é suspeito da prática de agiotagem no município. Os levantamentos apontam que ele emprestava dinheiro aos beneficiários e cobrava juros altíssimos em troca. Para ter acesso aos empréstimos, as vítimas entregavam os cartões juntamente com as senhas para a realização dos saques. De acordo com a investigação, os saques mensais passavam de R$ 100 mil.

Além dos cartões, os policiais apreenderam durante a operação cinco revólveres calibre 38, uma escopeta e uma espingarda, 37 munições, sete trouxinhas de maconha, um tablete de maconha, um veículo modelo Toyota Hilux e uma motocicleta. Foram presos também: Eder Soares Bezerra (28), com duas passagens por roubo; Michael Shumaker Ribeiro de Lima (22), sem antecedentes. Os suspeitos e mais três adolescentes de 17 anos foram flagrados com maconha e cocaína, embalagens plásticas, uma balança de precisão. Aparelhos celulares dos suspeitos foram apreendidos para serem periciados. Os adultos foram autuados por tráfico de drogas, associação criminosa e corrupção de menores, enquanto um ato infracional por tráfico e por associação criminosa foi lavrado em desfavor dos menores.
Os demais presos foram identificados como André Ivo Pinheiro Neto (22), filho de Gleuson e sem antecedentes. Ele foi autuado por posse irregular de arma de fogo; Antônio Erilano Silva Ribeiro (21), sem antecedentes, foi autuado por tráfico de drogas ao ser flagrado com sete com trouxinhas de maconha; Antônio Giliard Camilo Silva (25), com passagem por porte ilegal de arma de fogo, foi preso com um espingarda calibre 12, três munições de mesmo calibre e uma faca. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo. Luiz Fernando Barbosa (20), Lucas Pereira da Silva (24) foram autuados por porte ilegal de arma de fogo. Já Sebastião Rodrigues da Silva (67) foi autuado por posse irregular de arma de fogo, pois foi encontrada um revólver calibre 38 no guarda-roupa do suspeito.

Trabalho continuado
A Polícia Civil mantém as investigações acerca da prática criminosas de outros suspeitos que atuam em Solonópole. Todo o material apreendido na operação foi apresentado na delegacia do município e será analisado. A Polícia Civil orienta a população a comunicar qualquer informação que tenha conhecimento a prática de crimes na cidade por meio de denúncias. O telefone para fazer denúncia é o da delegacia: (88) 3518-1664. O sigilo é garantido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário