domingo, 17 de junho de 2018

DHPP cumpre mandados de prisão contra grupo envolvido em homicídios na AIS 08



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de equipes da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), com apoio do 7º Distrito Policial e da Unidade Tático Operacional (UTO), finalizaram, na manhã desta sexta-feira (15), uma operação que resultou nas prisões de três suspeitos de praticarem homicídios na região do bairro Vila Velha – Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8). Os detalhes da operação foram apresentados em coletiva de imprensa, na seda da DHPP, no bairro de Fátima.
Por meio de investigações policiais e de mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário, a equipe da DHPP chegou à identificação de três homens suspeitos de praticarem homicídios no bairro Vila Velha. A motivação principal para a prática dos crimes, conforme levantamentos policiais, foi a disputa entre grupos criminosos que atuam na área.

Os presos foram identificados como Antônio Lucas Alves Bezerra (18), sem antecedentes criminais; André de Sousa Ferreira (27), que responde por crime ambiental, porte ilegal de arma de fogo, roubo e homicídio doloso; e Fred Rodrigues Lima (25), com passagens por tráfico de drogas e homicídio doloso. Todos os suspeitos foram levados para a delegacia especializada onde foram indiciados por homicídio doloso.

As vítimas do trio foram identificadas como Felipe de Sousa Costa (14), morto no dia 15 de março, enquanto brincava na rua, e Alexandre Lima Oliveira, motorista de um aplicativo de transporte, que acabou se perdendo dentro do bairro Vila Velha. Ele foi morto no dia 24 de março de 2018. Ambos não tinham passagem pela Polícia e nenhum envolvimento com práticas delituosas.

A Polícia Civil continua investigando outros casos semelhantes nos quais os suspeitos tenham envolvimento em crimes de morte e derivados na AIS 8. A população pode colaborar com os trabalhos investigativos repassando informações por meio de denúncias anônimas. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-8807, da DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário