segunda-feira, 21 de maio de 2018

Polícia Civil cumpre prisão de acusado de aliciar e chantagear crianças na Internet em Salinópolis


Policiais civis no local do cumprimento dos mandados judiciais de prisão e busca

A Polícia Civil prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, nesta sexta-feira (18), em Belém, Messias Pantoja, acusado de aliciar crianças na Internet para exigir fotos íntimas e de chantagear as vítimas sob ameaças de divulgar as fotos nas redes sociais. A prisão é alusiva ao Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes celebrado em 18 de maio. Policiais civis da Delegacia de Salinópolis, nordeste paraense, e da Seccional da Marambaia de Belém foram responsáveis pelo cumprimento do mandado de prisão. Além do mandado de prisão preventiva, os policiais cumpriram mandado de busca deferido pelo Poder Judiciário, na casa do acusado.
Na ocasião, os policiais civis apreenderam o telefone celular de Messias. "O aparelho estava sendo utilizado para aliciar crianças na Internet, exigir fotos íntimas e, posteriormente, chantageá-las com ameaça de divulgação das mídias caso não enviassem de novo os arquivos", explica a delegada Danielle Maria de Sousa e Silva, titular da Delegacia de Salinópolis. Segundo a policial civil, o acusado confessou o envolvimento via rede social com uma menor responsável pelas denúncias que resultaram nas investigações.
Ele, porém, negou que soubesse da idade da vítima. "O material apreendido foi encaminhado para passar por perícia para verificar a existência de arquivos ocultos ou que tenham sido apagados pelo acusado", detalha a delegada. Ela ressalta que a perícia no celular do suspeito é uma medida necessária para contribuir em futuras investigações. "Existem suspeitas de que o acusado esteja praticando os mesmos crimes contra várias outras vítimas", afirma. Messias foi conduzido, de Belém, para a Delegacia de Salinópolis, onde está recolhido à disposição da Justiça.
walrimar 

Nenhum comentário:

Postar um comentário