terça-feira, 1 de maio de 2018

Congresso deve votar esta semana reforço do Fundo de Garantia à Exportação para pagar dívidas ao BNDES

Portugal Digital - O aumento no orçamento do fundo, se for aprovado, servirá para pagar as dívidas da Venezuela e de Moçambique com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Credit Suisse.
O objetivo do governo é garantir o pagamento das dívidas de empréstimos que financiaram serviços e obras de empreiteiras brasileiras no exterior.
Como as operações das construtoras em Moçambique e Venezuela estão garantidos pelo Fundo de Garantia à Exportação, vinculado ao Ministério da Fazenda, a responsabilidade pelo pagamento das dívidas de empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ( BNDES) às construtoras é do Tesouro Nacional e o prazo vence dia 08 de maio.
Temer, que antecipou para a noite de domingo o regresso a Brasília, apelou aos líderes dos partidos aliados do governo a votaram favoravelmente o projeto de lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário