quinta-feira, 19 de abril de 2018

Foragido da Justiça é preso com arma de uso restrito na AIS 10

marginal
Uma operação de equipes da Polícia Civil, com a finalidade de cumprir mandados de prisão e de apreensão de adolescente, em Fortaleza, resultou na prisão de um foragido da Justiça. Rayan Bezerra dos Santos (19) fugiu de uma unidade do sistema penitenciário em Pacajus, onde cumpria pena desde o ano passado. Ele foi capturado, na manhã desta quinta-feira (19), na Praia do Futuro, Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10). Com o suspeito, os policiais civis apreenderam uma pistola 9 mm municiada e de uso restrito. Rayan é suspeito de integrar um grupo criminoso que praticou, pelo menos cinco roubos, em Jaguaribe e Jaguaribara, região do Vale do Jaguaribe.
Rayan foi capturado em uma residência na Rua Oliveira Filho, na Comunidade dos Cocos. Dentro do imóvel, os policiais civis encontraram uma pistola 9 mm, com numeração raspada e municiada, em um armário. Uma quantia em dinheiro e cinco aparelhos celulares foram apreendidos no local. Todo o material foi recolhido e apresentado na sede do 15º DP, na Cidade 2000 (AIS 10), aonde o suspeito também foi levado para ser autuado em posse ou porte irregular de arma de fogo de uso restrito.
A ação policial é fruto de investigações da Delegacia Municipal de Jaguaretama e da Regional de Jaguaribe, com apoio de equipes do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI Sul) e do Departamento de Polícia da Capital (DPC). Os alvos dos mandados são integrantes de um grupo criminoso suspeito de cometer assaltos a estabelecimentos comerciais, roubo de veículo e a pessoa, em Jaguaribe e em Jaguaribara.
Um dos procurados pelas equipes é Andeson de Olivera Saraiva (23), identificado nas imagens das câmeras de segurança dos locais dos roubos. Conforme investigações, Andeson é apontado em pelo menos cinco ocorrências entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano. Os outros alvos dos mandados são adolescentes.

Denúncia
A Polícia Civil orienta a população a colaborar com os trabalhos investigativos repassando informações que auxiliem na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelos números (88) 3522-1099, da Delegacia Regional de Jaguaribe, (88) 3576-1930, da Delegacia Municipal de Jagauribara. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) oferece ainda o Disque Denúncia por meio do número 181. O sigilo é garantido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário