sábado, 14 de abril de 2018

Cotar e FT apreendem armas de fogo e capturam suspeito de integrar grupo criminoso em Pacoti



Três armas de fogo foram apreendidas, nesta segunda-feira (2), em ação conjunta realizada por policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar) e da Força Tática (FT), com equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), em Pacoti, Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Houve troca de tiros, e os quatro suspeitos foram baleados, sendo que três deles não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. O quarto ferido conseguiu escapar, mas foi identificado e capturado durante a manhã de hoje, quando recebia atendimento em um hospital de Canindé, também na AIS 15.
A ação foi desencadeada após investigações realizadas pela Delegacia Municipal de Guaramiranga, sob o comando do delegado Moisés Fernandes, para apurar uma lesão a bala contra um homem ocorrida no dia 29 de março, na localidade de Icó, em Pacoti. A partir das apurações, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) chegou ao ponto que seria utilizado como esconderijo de um grupo criminoso responsável por assaltos, homicídios e tráfico de drogas na região.

De posse da localização do grupo, as equipes do Cotar e da FT montaram a ofensiva e seguiram até uma residência situada no sítio Icó. Ao se aproximarem do ponto indicado, os militares foram recebidos a tiros pelos suspeitos. Os policiais revidaram ao ataque e avançaram até o imóvel. No interior da casa, os agentes de segurança encontraram duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38, uma pistola 9 mm e uma espingarda calibre 12; munições intactas de calibres 12, 38 e 9 mm, além de duas capsulas deflagradas de calibre 38.



Um integrante do bando, de nome Cinésio Onofre Coelho Filho (20), foi atingido por disparos de arma de fogo durante a troca de tiros e veio a óbito em um dos cômodos. Na parte externa do terreno, cerca de 600 metros distantes da casa, a composição encontrou o corpo de outro suspeito, identificado apenas como João Filho. Um terceiro infrator, identificado somente como “Tiririca”, também foi ferido durante o confronto com os PMs e morreu. Os corpos dos suspeitos foram levados para o núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), em Canindé, onde serão identificados e liberados para os familiares.

Um quarto suspeito de integrar o grupo criminoso, um adolescente de 16 anos, foi localizado durante a manhã. Ele estava na casa e conseguiu escapar da ofensiva policial, mesmo após ser ferido na perna durante o confronto com os militares. O menor, que foi identificado enquanto recebia atendimento em um hospital de Canindé, está sob escolta policial. O caso foi encaminhado para a Delegacia Municipal de Guaramiranga, unidade responsável pelas investigações. A Polícia busca ainda por outros integrantes do bando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário