sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Justiça brasileira desmoralizada no mundo

Se a grande mídia brasileira, comandada pela elite conservadora que nunca tolerou os avanços obtidos pelo país a partir de 2003, distorce e ajuda a construir a farsa sobre o triplex do Guarujá, a imprensa internacional faz seu papel. Todos os grandes jornais do mundo criticam o posicionamento parcial do Judiciário brasileiro no caso do julgamento do ex-presidente Lula.
O espanhol El País é categórico. Em grande reportagem afirma que, além de o país perder a credibilidade, a confirmação da sentença contra Lula revela a inexistência do Estado de Direito no Brasil. O New York Times e o Washington Post, dos Estados Unidos, ironizam que "o futuro do ex-presidente depende de um apartamento numa cidade decadente".
Em artigo, o codiretor do Center for Economic and Policy Research, Mark Weisbrot, declara que "as provas contra o ex-presidente são muito abaixo do padrão que seria levado à sério pelo sistema judicial dos EUA".
O julgamento é tão previsível e esdrúxulo que o New York Times traz em uma das páginas uma charge com o seguinte título: democracia no Brasil empurrada para o abismo. O britânico Financial Times também faz piada. Diz que o brasileiro ainda ficará grudado na frente da televisão para acompanhar o "julgamento do século". Assim mesmo, entre aspas.(SBBA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário