domingo, 6 de janeiro de 2019

LEI DE PETISTA - BOLSONARO SANCIONA LEI QUE LIBERA ESTUDANTES EM PROVAS POR MOTIVOS RELIGIOSOS E DIVULGA COMO SE FOSSE DELE EM REDES SOCIAIS

Sancionada a lei (13.796/19) que permite aos estudantes terem frequência escolar e aplicação de provas diferenciadas por motivo de crença religiosa.
O autor do projeto que deu origem à lei, deputado Rubens Otoni (PT-GO), ressaltou que a medida visa garantir “a liberdade religiosa e a expressão daqueles que têm dias da semana como dias sagrados e que, por isso, às vezes têm dificuldade de acesso à sala de aula e às provas”. “Isso cria constrangimento, dificuldade e até impedimento para avançar no seu direito à educação”, disse o deputado.
A proposta vale, por exemplo, para fiéis das religiões sabatistas, que guardam o período do pôr do sol da sexta-feira até o do sábado para se dedicar ao contato com o sagrado. É o caso de adventistas e batistas do sétimo dia. A sansão presidencial foi amplamente divulga em redes sociais dando entender que foi deliberação pessoal ou compromisso do presidente, escondendo de todas as forma o autor que é o deputado Otoni, petista de Goiás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário