loading...

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Tenda apresenta obras da Trilogia da Guerra este final de semana e anuncia passaporte especial



Em meio ao turbulento cenário que enfrentamos hoje no país, dois dos maiores espetáculos da história do Teatro Popular de Ilhéus serão apresentados este final de semana trazendo importantes reflexões políticas e sociais. As peças “Uma certa Mãe Coragem” e “Os fuzis da Senhora Carrar”, inspirados nas obras do alemão Bertolt Brecht, vão em cena nesta sexta-feira (07) e sábado (08), respectivamente, dando início à programação especial de verão da Tenda.
O espetáculo “Uma certa Mãe Coragem” compõe a segunda parte da chamada “Trilogia da Guerra” e traz um relato sobre a Guerra dos Trinta Anos, ocorrida entre 1618 e 1648 na Europa dividida entre católicos e protestantes. Mãe Coragem acompanha a Guerra com sua carroça, vendendo de tudo. Com cenário, figurinos e adereços criados por Shicó do Mamulengo, texto de Paulo Atto, direção musical de Antônio Melo e direção de Romualdo Lisboa, a peça é inspirada na obra “Mãe Coragem e seus filhos” escrita por Bertolt Brecht em 1941. A montagem ainda faz uma homenagem a Mãe Ilza Mukalê, uma “mãe coragem” que, assim como a personagem fictícia, teve que criar seus filhos sozinha.
Enquanto isso, “Os fuzis da Senhora Carrar” corresponde à primeira parte da Trilogia da Guerra, narrando a história de Teresa Carrar, uma mãe viúva que tenta manter a integridade dos filhos em meio à Guerra Civil Espanhola (1936-1939). Escrita em 1937, a peça de Brecht provoca o público a pensar sobre a estupidez de qualquer guerra, a desumanização e a impotência a que são submetidas a sociedade. A obra é traduzida por Antônio Bulhões, dirigida por Romualdo Lisboa, tem direção musical de Cabeça Isidoro, e faz uma relação com as guerras urbanas que vivemos diariamente.
Ambas as apresentações estão marcadas para começas às 19 horas, e os ingressos custam R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia entrada. No entanto é possível garantir um desconto especial adquirindo o passaporte dos dois dias de espetáculo por R$ 50 a inteira e R$ 25 a meia. Além disso, o público frequentador da Tenda TPI, e até mesmo o turista que visitará a cidade durante o verão, poderá adquirir o Cartão Fidelidade TPI e pagar meia em qualquer espetáculo da Tenda. O Cartão pode ser solicitado na bilheteria do local por apenas R$ 25,00, e será válido por 1 ano.
A terceira e última parte da trilogia da guerra está prevista para estrear no meio deste ano na Tenda, inspirada na obra “A Santa Joana dos Matadouros” de Brecht – mas ainda para 2018 a Tenda TPI preparou uma programação especial de fim de ano, com espetáculos todas as sextas e sábados do mês de dezembro que podem ser conferidos no site www.teatropopulardeilheus.com.br. E o espectador que quiser assistir aos espetáculos do mês de dezembro, ao pagar meia-entrada através o Cartão Fidelidade TPI, economizará R$ 105,00 para ver todas as apresentações em cartaz – além de continuar pagando apenas meia até o final da anuidade, quando poderá renovar o cartão e continuar obtendo o desconto nos ingressos do Teatro Popular de Ilhéus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário