loading...

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

ILHÉUS PARA O ILHEENSE

Com o objetivo de levar conhecimento e resgatar os valores da cultura local, foi lançado o projeto "Ilhéus para o Ilheense - Um novo olhar", na noite de quarta-feira (5), no Restaurante Bataclan. O projeto é uma co-realização da Coluna de Turismo e da Ilhéus FM - 105,9 e tem o apoio da Secretaria de Turismo e Esporte de Ilhéus (Setur). O principal objetivo do programa é disponibilizar para os próprios ilheenses informações sobre a história e cultura do município, valorizar os pontos turísticos, as personalidades históricas e promover a autoestima, ingredientes indispensáveis para despertar o sentimento de pertencimento do cidadão. Estiveram presentes no lançamento, o vice-prefeito, José Nazal, vereador Makrisi Sá, empresários do trade turístico e comunidade.As inscrições podem ser feitas através de formulário eletrônico (clique aqui para acessar). A partir daí, serão formados grupos que farão city tour gratuito, com no máximo 20 pessoas por grupo, uma vez por semana, acompanhados por guias turísticos credenciados pelo Ministério do Turismo. Dessa forma, o projeto pretende resgatar a cidadania do povo ilheense e um novo olhar sobre a cidade. A primeira turma já realizará um tour pelo centro histórico, na próxima segunda-feira (10).O idealizador do projeto e radialista, Vila Nova, ressalta a importância dessa capacitação para o cidadão. “É importante que o ilheense conheça e se sinta na posição dos turistas. Queremos dar oportunidade ao morador, para conhecer melhor a cidade e poder compartilhar esse conhecimento. O turista, ao chegar aqui deixa recursos, movimenta a economia, por isso precisamos retribuir da melhor forma possível. Nossa terra precisa ser mais valorizada, antes disso é necessário o conhecimento” explica.
Ariel Figueroa, turismólogo, criador do Coluna de Turismo e idealizador do projeto informa que a princípio será voltado para o centro da cidade, mas existe a pretensão de ampliar as visitações para outros pontos turísticos de Ilhéus. “A compreensão desperta espontaneamente os deveres para com o lugar onde vivemos, assim é possível concluir que uma cidade boa para todos é igualmente um dever de toda sociedade. A valorização da cultura, da nossa história, precisa ser resgatada. É a nossa identidade, representa o que somos e fizemos durante a construção do município, um novo olhar, o ilheense precisa olhar diferente para Ilhéus” conclui.
Presente na ocasião, o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, enfatizou a importância dos moradores conhecer Ilhéus. “Saber sobre sua memória, aquilo que você tem como riqueza patrimonial, que foi construída ao longo dos séculos, que vemos se perder ao longo do tempo, com gerações que vão sucedendo é lamentável. Nós temos prédios históricos, sítios coloniais, quatro igrejas coloniais no município e a maioria dos ilheenses desconhecem. Por isso, quanto mais levar informações as pessoas da nossa cidade, podemos ter a nossa história se perdurando” disse.
O evento contou com apresentação cultural do poeta José Delmo, em recital do poema "Jequitibá Rei", que retrata um pouco da história de Ilhéus, "... A minha memória se encerra na copa verde do Jequitibá eleito pela natureza no alto da serra e que, impassível, na sua grandeza de madeira de lei assistiu ao primeiro navegante chegar pelo mar azul da Capitania dos Ilhéus ...", diz o verso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário