domingo, 23 de dezembro de 2018

Fórum dos Técnicos luta por ampliação de orçamento em 2019 para UESC

O Fórum dos Técnicos, tomou ciência da drástica redução na previsão de orçamento da conta Encargos de Pessoal (denominada Conta Ação 2001) dos Servidores Técnicos Administrativos proposta pelas Administrações Superiores das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) ao Governo, para composição da PLOA de 2019.
Havia um superávit anual, na rubrica fixada, da conta dos técnicos que possibilitaria a vinculação de despesas referentes à vantagens e benefícios para a categoria, como demonstrado no quadro abaixo, no caso da UESC:

FIXADO E EXECUTADO NA ATIVIDADE 2001 NO PERÍODO 2014 A 2018 – UESC
ANO
ATIVIDADER$ FIXADO
Em mi
EXECUTADO EM FUNÇÃO DA CATEGORIA
Em mi
REMANEJADO PARA OUTRAS CONTAS
Em mi
2014
200136.96313.827,56823.136
201543.80215.640,376
28.162
2016
48.20915.597,791 33.162
2017
50.332
15.380,541
 34.952
2018
29.921
2019* *17.845
*Rubrica proposta pela UESC/Reitoria para previsão de orçamento da ação 2001 em 2019.
Observa-se na última coluna que os valores referentes a remanejamentos de nossa conta para outras destinações eram vultuosos. Esses valores são partes da rubrica que não foram executados em favor da própria categoria, como deveria ser.
Por intermédio da Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Dep. Fabíola Mansur, o Fórum dos Técnicos encaminhou solicitações de emendas ao orçamento das UEBA que objetiva ampliar o orçado para as Contas de Encargos de Pessoal das Universidades. Para UESC, foram 12 Milhões (Emenda UESC) na solicitação de emenda ao orçamento da Universidade. Caso as emendas sejam aprovadas, é retomada a viabilidade de alterações substanciais e necessárias no Plano de Carreiras da Categoria, foco maior dos sindicatos.
O Fórum se posicionou de maneira austera e em defesa da Universidade e da categoria, denunciando as reduções na proposta de orçamento encaminhada pelas Reitorias/Administrações Superiores das UEBA, especialmente, para a categoria dos Técnicos (carta aberta – Fórum dos técnicos).
Em 2019, profundos desafios se propõem a nossa categoria. Um deles é a busca da unidade em torno da defesa de reformulação do Plano de Carreira dos Técnicos, e essas discussões se iniciam dentro das UEBA e culminam na ALBA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário