quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Adicionar legenda


Líder do tráfico no Centro é investigado por oito homicídios
Jadson Gramacho dos Santos, o Jau, de 30 anos, um dos líderes do tráfico de drogas na região do Centro Histórico, foi apresentado à imprensa, na manhã desta quinta-feira (20), no auditório da Polícia Civil, na Pituba.
Investigado pela participação em oito homicídios, ocorridos no Pelourinho, no Barbalho e na Saúde, Jadson foi preso, na quarta-feira (19), no bairro de Nazaré, por equipes da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho) e conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Segundo a delegada Patrícia Brito, da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), o traficante, que estava em liberdade condicional, é suspeito de participar da morte do rival Luís Henrique Costa Vieira de Jesus. O corpo da vítima foi encontrado em um container, no bairro do Comércio, no dia 26 de outubro.
O criminoso também é acusado de participar dos assassinatos de Nivaldo Silva de Jesus, Jamilton Dias Oliveira da Silva, Alessandro Santana da Silva Ramos, Paulo Vitor Amorim Dantas, Maurício Aquino dos Santos Filho, Juvenal Pereira Silva e Clerisson de Jesus Queiroz.
De acordo com a delegada Pilly Dantas, titular da 3ª DH/BTS, os crimes estão relacionados com tráfico de drogas. “Quando não participava como executor, Jadson era o mentor dos homicídios. Ele também é investigado por ocultação de cadáver”, ressaltou.Jau, que já responde por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma, teve o benefício da condicional suspenso e voltará a cumprir pena em regime fechado. Equipes da 12ª DT/Itapuã e da Polícia Federal auxiliaram nas investigações dos crimes atribuídos a Jadson.
Os policiais encontraram na casa de Jau, no Jardim de Alah, duas porções de maconha e uma caderneta com anotações do tráfico. O material foi encaminhado para a perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), enquanto o criminoso seguiu para o sistema prisional.
Ascom-PC/Priscila Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário