loading...

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Americana afirma que Galaxy Note 9 pegou fogo e processa Samsung



Uma moradora de Nova York, nos EUA, afirmou recentemente que o seu smartphone Samsung Galaxy Note 9 pegou fogo de forma espontânea dentro da sua bolsa, segundo informações do New York Post. O dispositivo foi lançado recentemente no Brasil, onde tem preços sugeridos entre 5.500 reais e 6.500 reais.
Conforme a corretora imobiliária Diane Chung, que entrou com um processo contra a fabricante sul-coreana, o incidente aconteceu no último dia 3 de setembro, quando o aparelho ficou “extremamente quente”. Depois disso, aponta a ação judicial citada pela reportagem, Diane parou de usar o celular e o guardou dentro da sua bolsa, mas um pouco depois “ouviu um som de assobio e penetrante, e percebeu uma fumaça espessa” saindo da bolsa.
Em seu processo contra a Samsung, em que pede por danos não especificados e por uma ordem para barrar as vendas do Note 9, a usuária afirma ter removido o aparelho ao esvaziar a bolsa no chão de um elevador e destaca ainda que o fogo só passou depois que outra pessoa pegou o dispositivo com um pano e o colocou em um balde com água, de acordo com o NY Post.
Vale lembrar que em 2016 a Samsung teve de tirar o Galaxy Note 7 do mercado após diversos relatos de superaquecimento do smartphone por conta de uma falha na bateria do dispositivo.
Posição da Samsung
Em nota enviada ao jornal americano sobre o caso, a Samsung afirma o seguinte: “Nós não recebemos nenhum relato de outros incidentes similares envolvendo o Galaxy Note 9 e estamos investigando o assunto”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário